sexta-feira, abril 16, 2021
Outros

    Accenture anuncia aquisição da empresa brasileira Pollux

    Em Destaque

    Governo estima rombo de R$ 170,5 bi em 2022 e vê 11 anos de contas no vermelho

    No projeto que estabelece as diretrizes para o Orçamento de 2022, enviado ao Congresso nesta quinta-feira (15), o governo...

    Hering rejeita proposta de compra pela Arezzo

    A Hering decidiu, em reunião nesta quarta-feira, 14, negar a proposta feita pela Arezzo de combinar os negócios das...

    Magazine Luiza recebe aval do Cade para compra da Hub Prepaid

    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a compra da Hub Prepaid pelo Magazine Luiza, sem...

    A empresa de tecnologia Accenture anunciou nesta segunda-feira, 1º, que tem intenção de adquirir a empresa de tecnologia Pollux, de Joinville, especializada em automação robótica para a indústria. Segundo a companhia, a compra tem como objetivo fortalecer a divisão Industry X da Accenture, que é dedicada a ajudar fábricas a se tornarem mais produtivas e sustentáveis por meio da tecnologia. A conclusão do processo de aquisição está sujeita às regras do mercado e os valores da transação não foram divulgados.

    Fundada em 1996 pelo engenheiro carioca José Rizzo, a Pollux é especializada em soluções para automatizar processos de fabricação e logística. A empresa projeta, cria e implementa linhas de montagem totalmente funcionais, incluindo robôs e outros equipamentos, além do software responsável por controlar esse processo.

    Hoje, a companhia ajuda indústrias alimentícias, farmacêuticas e automotivas do Brasil, Canadá, Equador, México e Estados Unidos a melhorar suas linhas de produção. Ao todo, são mais de 300 funcionários.

    José Rizzo considera que a aquisição pela Accenture marca uma nova etapa na história da empresa, que poderá levar suas soluções de transformação dos processos de manufatura e logística para novos clientes. “Combinando inovações em TI com automação industrial, vamos criar modelos de negócio poderosos, nos quais a decisão de compra de um consumidor em sua casa determina o próximo movimento de um robô a milhares de quilômetros.”

    Segundo Renato Improta, líder da Accenture Industry X na América Latina, a expertise e a experiência da Pollux em robótica e em soluções de automação se somarão na Accenture às habilidades de consultoria de indústria e TI industrial e às capacidades de inteligência aplicada. “Essa combinação permitirá o fornecimento de soluções para orquestração de cadeia de suprimentos e de operações em tempo real com funções de manufatura flexíveis para nossos clientes”, diz Improta.

    Essa é a primeira vez que a Accenture incorpora um provedor de soluções robóticas para indústria à divisão Industry X. De acordo com Nigel Stacey, líder global da Accenture Industry X, a automatização e a colaboração do homem com a máquina estão transformando os processos de fabricação e de supply chain. “Ver esses benefícios na prática e de forma tangível exige uma verdadeira integração da tecnologia da informação e da tecnologia de operações, que é o que a Pollux nos permitirá oferecer aos nossos clientes de manufatura”, afirma Stacey.

    Na frente de indústria, a Accenture já adquiriu companhias como a consultoria em operações industriais Myrtle (EUA), a consultoria em tecnologia SALT Solutions (Alemanha), a PLM Systems (Itália), a Callisto Integration (Canadá), a Silveo (França), e a Enterprise System Partners (Irlanda).

    No Brasil, no último ano, a multinacional comprou a empresa de segurança da informação Real Protect e a especialista em operações em nuvem Organize Cloud Labs.

    Fonte: Exame

    Serviços

    Últimas Notícias

    Bolsonaro promete a Biden zerar desmatamento ilegal até 2030

    Em busca de dinheiro dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta a seu homólogo Joe Biden...

    IPO da Blau atrai fundos globais e companhia vale R$ 7,2 bi na largada

    A Blau Farmacêutica acaba de precificar seu IPO a R$ 40,14 por ação, dando ao mercado mais uma alternativa...

    Veja outras matérias