quinta-feira, janeiro 21, 2021
Outros

    Accenture compra Real Protect

    Em Destaque

    Dívida, briga e frango frito: o inferno astral da IMC

    O inferno astral da International Meal Company (IMC), dona das redes Frango Assado e Viena, tem de...

    Crise gerada pela covid segura valor de aluguéis

    A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) disparou no ano passado, mas isso...

    Renault lança serviço de carro por assinatura mais barato do Brasil

    Engrossando um movimento iniciado por montadoras como Toyota, Audi, Volkswagen, Fiat e Jeep, no Brasil, a Renault...

    A Accenture comprou a Real Protect, uma companhia brasileira especializada em segurança, com destaque para os chamados serviços gerenciados de segurança (MSS, na sigla em inglês).

    A Real Protect é sediada no Rio de Janeiro, tem 15 anos de atuação e 90 funcionários com perfis no Linkedin. A empresa é parceira da Trend Micro e Splunk, Fortinet e Palo Alto.

    No campo de MSS, o destaque da Real Protect é o fato de ser a primeira na América Latina certificada pela MSPAlliance, uma entidade mundial fundada em 2000 com 30 mil associados, focada na área de MSS.

    O selo MSPCV foi criado especificamente para o setor de serviços gerenciados e nuvem, o que o torna mais aderente do que alternativas como ITIL e Cobit, na visão dos seus defensores. A MPSAlliance não abre a lista de certificados no seu site.

    A Real Protect tem dois centros de operação de segurança e clientes por todo Brasil. A nota da Accenture, assim como o site da Real Protect, não dá informações sobre quem são os clientes, o que é comum na área de MSS.

    Com a compra, Daniel Lemos, CEO da Real Protect, vai liderar a área de Serviços Gerenciados de Segurança da Accenture na América Latina. No mundo, a Accenture tem 7 mil profissionais atuando com segurança.

    “Juntos, nosso compromisso de fornecer soluções líderes no mercado de segurança cibernética nos posiciona de forma adequada para estimular a utilização desses serviços no Brasil e em toda a América Latina”, afirma Lemos.

    Com a compra, a Accenture está de olho em um pedaço da torta do mercado de segurança do Brasil, que cresce um pouquinho a cada grande ataque hacker, um tipo de incidente que virou rotina em 2020.

    “O Brasil tem grande variedade de grupos cibercriminosos com táticas específicas, uma ameaça cibernética que pode ser combatida com especialistas brasileiros de defesa cibernética e resposta a incidentes”, ressalta Paulo Ossamu, líder da América Latina da Accenture Technology.

    A Accenture vem investindo no assunto em nível mundial, tendo comprado em janeiro de 2020 a divisão de serviços de segurança cibernética da Symantec, e outras duas empresas de menor porte nos meses seguintes.

    A Accenture parece estar apostando no mercado brasileiro de tecnologia, de maneira geral.

    Em agosto do ano passado, a empresa comprou a Organize, companhia brasileira que estava entre as maiores parceiras no país da ServiceNow, da multinacional americana de software de gerenciamento de serviços na nuvem.

    Fonte: baguete.com.br

    Serviços

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Há sempre possibilidades de melhorias

    "O Brasil possui excelentes profissionais de consultoria. Nesta crise é necessário muita dedicação na busca de soluções para os problemas. Em situações...

    Quanto a minha empresa perdeu de valor na Pandemia?

    Algumas empresas aumentaram seu valor na pandemia. Outras, perderam. É importante saber qual o ganho ou qual a perda nesse momento? A...

    Últimas Notícias

    Os fatores que deixaram a bolsa brasileira na contramão do mercado dos EUA

    As principais bolsas americanas fecharam em alta nesta terça-feira, 19, que representa o último dia do republicano...

    Dívida, briga e frango frito: o inferno astral da IMC

    O inferno astral da International Meal Company (IMC), dona das redes Frango Assado e Viena, tem de...

    Veja outras matérias