quinta-feira, maio 6, 2021
Outros

    Buffett: Robinhood transforma a Bolsa num cassino

    Em Destaque

    Banco Central eleva Selic em 0,75 p.p., para 3,5% ao ano, e sinaliza mais uma alta na mesma magnitude

    O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu nesta quarta-feira (5) elevar a Selic em 0,75 ponto percentual, para 3,50%...

    “Há muitos Mercados Livres para nascer na AL”, diz Nicolas Szekasy, do Kaszek

    Quando os argentinos Nicolas Szekasy e Hernan Kazah deixaram o Mercado Livre, empresa que tinham cofundado, para criar a...

    Bradesco espera perder receita com Pix e WhatsApp Pay, mas tem substituto

    A chegada da ferramenta de transferências de dinheiro via WhatsApp , assim como o Pix , vai 'morder' um pedaço da...

    Warren Buffett disse hoje que o modelo de negócios da Robinhood — a corretora que ‘gamificou’ os investimentos, cobra comissão zero e se tornou uma febre entre investidores de primeira viagem — está ajudando a transformar a Bolsa americana num cassino.

    A Robinhood “tornou-se uma parte muito significativa do aspecto de cassino, do investidor de cassino que ingressou no mercado de ações no último ano ou ano e meio.”

    “As corporações americanas são um lugar maravilhoso para as pessoas investirem, mas elas também funcionam como fichas de jogo maravilhosas.” Para ele, a Robinhood está “atendendo essa demanda das pessoas que querem apostar, num momento em que elas estão com dinheiro no bolso pela primeira vez, e permitindo que elas façam 30, 40 ou 50 trades por dia sem cobrar comissão nenhuma, apenas vendendo seu fluxo de ordens”.

    Buffett, cuja filosofia de investimento é o oposto dos day trades que dominam a Robinhood, fez os comentários na reunião anual da Berkshire Hathaway.

    “Não há nada de ilegal nisso, não há nada de imoral, mas não acho que você deveria construir uma sociedade em torno disso”, disse Buffett.

    Para ele, “se uma sociedade muito rica começa a recompensar as pessoas por tirar vantagem essencialmente do instinto de jogo — não apenas do público americano, mas do público mundial — isso não é a parte mais admirável da conquista.”

    Charlie Munger, o sócio e amigo de Buffett, bateu ainda mais duro.

    “Acho que é simplesmente terrível que algo assim tenha atraído investimento de homens civilizados e cidadãos decentes”, disse Munger. “É profundamente errado. Não queremos ganhar dinheiro vendendo coisas que são ruins para as pessoas.”

    Fonte: Brazil Journal

    Serviços

    Últimas Notícias

    Xiaomi traz ao Brasil seu 30º smartphone em dois anos

    A chinesa Xiaomi traz ao Brasil a partir de hoje dois novos smartphones chamados Redmi Note 10 Pro e...

    Marcas europeias ameaçam boicotar produtos do Brasil devido a política ambiental

    O Projeto de Lei (PL) 510/21, que altera regras de regularização fundiária em terras da União e do Incra...

    Veja outras matérias