sábado, dezembro 4, 2021
Outros

    Embraer prevê demanda de 1,5 mil jatos médios na China até 2040

    Em Destaque

    A Embraer apresentou estudo prevendo demanda de quase 1,5 mil jatos de até 150 assentos nos próximos anos na China, que se tornará o maior mercado de aviação do mundo.

    O relatório, apresentado durante o Zhuhai Airshow, exposição de aviação aeroespacial da China, prevê que 77% desse total será para atender à expansão do mercado, enquanto 23% vão substituir jatos atuais até 2040.

    A China anunciou recentemente medidas de infraestrutura que incluem cerca de 200 novos aeroportos, o que, segundo a Embraer, vai impulsionar a demanda por jatos de médio porte.

    “Acreditamos que, nos próximos 20 anos, aeronaves com até 150 assentos irão liberar todo o seu potencial”, disse Guo Qing, vice-presidente de Aviação Comercial da Embraer China.

    Atualmente, a Embraer tem 91 E-Jets na China operando 550 rotas e transportando cerca de 20 milhões de pessoas por ano.

    “A receita medida em número de passageiros por quilômetros na aviação civil chinesa deve crescer a uma taxa média de 4,7% ao longo da próxima década. Acreditamos que futuramente o mercado chinês de aviação será o maior do mundo”, afirmou Arjan Meijer, presidente-executivo da Embraer Aviação Comercial.

    Fonte: Folha

    Fusões e Aquisições

    Últimas Notícias

    Alexandre Saigh: “IPOs só no fim de 2022 ou 2023”

    Numa tacada que consolidou a maior gestora de private equity, infraestrutura e crédito da América latina, o Pátria acaba...

    Migração do Inter à Nasdaq fica para depois

    Pedidos de resgate ficaram acima dos R$ 2 bilhões que o banco digital havia estipulado como limite A migração do...

    Veja outras matérias