quinta-feira, dezembro 3, 2020
Outros

    Falta matéria-prima para 68% da indústria retomar produção após a pandemia

    Em Destaque

    Plano nacional de imunização só sai depois da vacina aprovada pela Anvisa

    O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, disse nesta terça-feira, 1, que...

    Bolsonaro justifica alta na conta de luz com nível de represas e risco de apagões

    Ao justificar o aumento na conta de luz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou via redes...

    Ricos precisam pagar mais imposto para desigualdade cair, diz estudo

    As propostas da equipe econômica do governo Jair Bolsonaro (sem partido) para criar um novo programa social...

    Em processo de retomada das atividades após o auge da crise econômica do coronavírus, o setor industrial brasileiro enfrenta agora a falta de matéria-prima e o aumento de preço dos produtos necessários para a produção.

    De acordo com dados de sondagem especial da CNI (Confederação Nacional da Indústria), 68% das empresas estão com dificuldade para comprar matérias-primas no mercado nacional. Dentre as empresas que utilizam insumos importados regularmente, 56% relataram dificuldade.

    Além disso, 82% perceberam alta nos preços, sendo que 31% falam em alta acentuada. A pesquisa contou com a participação de 1.855 empresas, entre 1º e 14 de outubro, em 27 setores das indústrias de transformação e extrativa.

    Retomada da economia e alta do dólar

    Segundo o presidente da CNI, Robson de Andrade, as empresas optaram por reduzir seus estoques para enfrentar a queda no faturamento e o difícil acesso ao capital de giro nos primeiros meses da crise.

    “A economia reagiu em uma velocidade acima da esperada. Assim, tivemos um descompasso entre a oferta e a procura de insumos. E tanto produtores quanto fornecedores estavam com os estoques baixos.”

    “Além disso, temos a forte desvalorização do real, que contribuiu para o aumento do preço dos insumos importados”, afirmou o presidente da CNI.

    Dificuldade em atender os clientes

    A pesquisa aponta que 44% das empresas estão com problemas para atender seus clientes. Os motivos indicados foram:

    • Falta de estoques (47%)
    • Procura maior que a capacidade de produção (41%)
    • Incapacidade de aumentar a produção (38%)
    • Problemas de logística (13%)
    • Inadimplência dos clientes (4%)
    • Outros (2%)

    Normalização só em 2021

    Do total de empresas que não conseguem aumentar a produção, 76% alegaram que não conseguem ampliá-la pela falta de matéria-prima. E o problema deve durar pelo menos mais três meses.

    Mais da metade (55%) das empresas acreditam que a capacidade de atender a procura voltará ao normal apenas em 2021.

    Em 10 dos 27 setores considerados, ao menos metade das empresas está com dificuldades para atender os pedidos. O percentual de empresas que encontram dificuldades para atender seus clientes é maior nos setores móveis (70%), têxteis (65%) e produtos de material plástico (62%).

    Pequenas empresas são mais afetadas

    A falta de matéria-prima para a linha de produção é mais grave entre as empresas de pequeno porte. Nesse segmento, 70% foram afetadas pela falta de insumos, ante 66% nas grandes.

    O percentual de empresas menores que afirmam enfrentar muita dificuldade é maior, alcançando 28% entre as pequenas empresas e 27% entre as médias.

    Fonte: Uol

    Serviços

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano e foi um dos poucos...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores. Popularmente conhecido como um...

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Últimas Notícias

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores.

    Veja outras matérias