sexta-feira, abril 16, 2021
Outros

    Hapvida e Intermédica chegam a acordo; fusão cria gigante de R$ 110 bi

    Em Destaque

    Governo estima rombo de R$ 170,5 bi em 2022 e vê 11 anos de contas no vermelho

    No projeto que estabelece as diretrizes para o Orçamento de 2022, enviado ao Congresso nesta quinta-feira (15), o governo...

    Hering rejeita proposta de compra pela Arezzo

    A Hering decidiu, em reunião nesta quarta-feira, 14, negar a proposta feita pela Arezzo de combinar os negócios das...

    Magazine Luiza recebe aval do Cade para compra da Hub Prepaid

    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a compra da Hub Prepaid pelo Magazine Luiza, sem...

    A Hapvida e a Notredame Intermédica chegaram a um acordo para fundir suas operações, juntando dois gigantes regionais verticalizados de saúde para criar uma companhia nacional com valor de mercado de cerca de R$ 110 bilhões, fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal.

    É a maior combinação entre duas empresas brasileiras desde a fusão entre Itaú e Unibanco em novembro de 2008 — R$ 85 bilhões em valores da época — e vem num momento em que as grandes redes hospitalares também acentuam a briga por escala.

    Os acionistas da Hapvida, fundada por Candido Pinheiro, ficarão com 53,6% da nova empresa, enquanto os acionistas da Intermédica terão 46,4%.

    Os acionistas da Intermédica também receberão R$ 4 bilhões numa ação preferencial resgatável.

    No fechamento de hoje, a Hapvida valia R$ 57 bilhões na B3. A Intermédica valia R$ 52,7 bi.

    O valuation final implica um prêmio de 15% em relação ao valor da Intermédica antes da proposta da Hapvida ser revelada. O prêmio embutido na proposta original era de 10%.

    O CEO da Intermédica, Irlau Machado, e o da Hapvida, Jorge Pinheiro, serão co-CEOs da nova companhia, ficando responsáveis por suas respectivas regiões geográficas. Candido Pinheiro, o vice-presidente comercial da Hapvida, também esteve envolvido nas negociações.

    BTG Pactual e o Itaú BBA assessoraram a Hapvida. Pinheiro Neto e Madrona Advogados deram assessoria jurídica.

    Citigroup e JP Morgan assessoraram a Intermédica, que teve assistência do Souza, Mello e Torres.

    Fonte: Brazil Journal

    Serviços

    Últimas Notícias

    Bolsonaro promete a Biden zerar desmatamento ilegal até 2030

    Em busca de dinheiro dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta a seu homólogo Joe Biden...

    IPO da Blau atrai fundos globais e companhia vale R$ 7,2 bi na largada

    A Blau Farmacêutica acaba de precificar seu IPO a R$ 40,14 por ação, dando ao mercado mais uma alternativa...

    Veja outras matérias