quarta-feira, janeiro 20, 2021
Outros

    Ibovespa encosta nos 113 mil pontos mesmo com decepção no PIB; dólar cai

    Em Destaque

    CEO da fusão entre Fiat e Peugeot fala sobre a saída da Ford do Brasil

    O anúncio da Ford de fechar fábricas no Brasil repercutiu em todo o mercado automotivo. O português...

    Exportação de suco de laranja do Brasil cai 23,5% no 1° semestre da safra 2020/21

    As exportações de suco de laranja do Brasil atingiram 497.490 toneladas de julho a dezembro, primeiro semestre...

    Guedes aposta em vitória de Lira para reapresentar proposta de nova CPMF

    A proximidade das eleições para o comando da Câmara e do Senado, marcadas para 1.º de fevereiro,...

    O Ibovespa engata firme alta nesta quinta-feira, 3, em linha com as bolsas internacionais e ignorando o resultado do PIB do terceiro trimestre, que saiu abaixo das expectativas. Às 16h18, o índice avançava 1,20%, aos 113.229 pontos — maior marca desde o dia 21 de fevereiro.

    De acordo com o IBGE, o PIB brasileiro do terceiro trimestre cresceu 7,7%, enquanto o mercado esperava por uma alta de 8,7%. Apesar da recuperação, o PIB ficou 3,9% inferior na comparação anual.

    A suposta incompatibilidade entre os resultados do PIB e a reação do mercado se explica pelo horizonte de curto prazo. “É uma situação em que o fluxo comprador na direção de empresas com mais liquidez acaba pesando mais do que o fundamento. Quando o mercado tem viés de alta, acaba ignorando um monte de notícia ruim e quando é de baixa, qualquer coisa vira um inferno”, argumenta Pedro Lang, diretor de renda variável da Valor Investimentos.

    Em alta desde o início do pregão, o Ibovespa sobe com ajuda das ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) e dos grandes bancos que voltam a ter uma sessão positiva. Com os grandes investidores ainda fazendo mudanças de posições para papéis que ficaram para trás durante a pandemia, ações do setor de viagem e turismo figuram entre as maiores altas do dia. “Geralmente, esses movimentos de rotação são demorados e pode durar mais de um mês”, afirma Lang.

    Embraer (EMBR3) é o destaque na sessão de hoje com a maior alta percentual do índice, de 13,78%. Na sequência estão CVC (CVCB3) e Gol (GOLL4), com ganhos acima dos 8%.

    “Os investidores estão saindo de empresas de crescimento, como de tecnologia, e indo para de valor, e o nosso mercado é muito focado nesse tipo de companhia. Sem falar que nossa bolsa era uma das mais baratas em dólar, o que ajuda a atrair estrangeiros”, argumenta o diretor.

    Somente em novembro, 33,32 bilhões de reais de capital externo entraram na bolsa. O segundo mês com a maior entrada de investidores internacionais foi outubro, quando entraram 2,87 bilhões de reais.

    As vacinas também continuam a impulsionar as bolsas ao redor do mundo. “O mercado ainda está vivendo a euforia de novembro, quando notícias sobre vacinas motivaram as bolsas. A expectativa de mais estímulos nos Estados Unidos e de que os juros americanos vão se manter próximos de 0% até 2023 também estão motivando esse tom mais positivo”, diz Gustavo Berotti, economista da Messem.

    A propósito, a soma do valor de mercado de todas as empresas de capital aberto do mundo bateu 100 trilhões de dólares, em meio ao rali pelo qual passam as bolsas de valores.

    Nos Estados Unidos, S&P 500 e Nasdaq, dois dos principais índices, voltaram a quebrar recordes. Às 16h18, o Dow Jones subia 0,49%, o S&P500 ganhava 0,08% e o Nasdaq avançava 0,38%.

    O cenário otimista também contribui para a queda do dólar no mundo. Nesta quinta-feira, o índice Dxy, que mede o desempenho da moeda americana contra seus pares, caía 0,44%, seguindo próximo do menor patamar desde abril de 2018. No Brasil, a moeda americana caía 1,91% e era negociada a 5,14 reais, menor marca registrada em cinco meses.

    Recuperação das economias

    Em dia de agenda cheia no campo macroeconômico, foram divulgados nesta quinta-feira os índices de gerente de compras (PMIs, na sigla em inglês) de serviços e o composto referentes ao mês de novembro.

    No Brasil, os índices vieram acima da marca desejada dos 50 pontos, mas abaixo do registrado no mês anterior, indicando uma desaceleração da recuperação. O PMI de serviços ficou em 50,9 pontos e o composto em 53,8 pontos.

    Na China, o PMI do setor de serviços ficou em 57,8 pontos, acima dos 50 pontos que delimitam a expansão da contração da atividade econômica e superior as estimativas de 56,5 pontos.

    Na Europa, os PMIs de serviços ficaram abaixo dos 50 pontos, pressionado por novas medidas de isolamento para conter a segunda onda de coronavírus. Ainda assim, o indicar veio acima das expectativas nos principais países do continente. Na Zona do Euro, o PMI de serviços ficou em 41,7 pontos contra estimativas de 41,3 pontos.

    Também nesta manhã foram divulgados os pedidos semanais de seguro desemprego nos Estados Unidos, que vieram abaixo das expectativas, ficando em 712.000 contra 775.000 esperado.

    Fonte: Exame

    Serviços

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Há sempre possibilidades de melhorias

    "O Brasil possui excelentes profissionais de consultoria. Nesta crise é necessário muita dedicação na busca de soluções para os problemas. Em situações...

    Quanto a minha empresa perdeu de valor na Pandemia?

    Algumas empresas aumentaram seu valor na pandemia. Outras, perderam. É importante saber qual o ganho ou qual a perda nesse momento? A...

    Últimas Notícias

    CEO da fusão entre Fiat e Peugeot fala sobre a saída da Ford do Brasil

    O anúncio da Ford de fechar fábricas no Brasil repercutiu em todo o mercado automotivo. O português...

    Iguá bate o martelo e troca IPO por investimento de R$ 1,1 bi do CPP

    A Iguá Saneamento já bateu o martelo. Nesse momento, vai embarcar na finalização de uma transação para...

    Veja outras matérias