quarta-feira, janeiro 19, 2022
Outros

    Itaú compra Ideal, apostando na expansão da corretora no varejo

    Em Destaque

    Criada há menos de três anos, companhia foi avaliada em mais de R$ 1 bilhão

    O Itaú acaba de anunciar a compra do controle da corretora Ideal, com a opção de levar o restante da empresa em cinco anos. A transação mostra como a geração de valor no universo financeiro continua em ritmo acelerado. A Ideal foi criada há menos de três anos e está sendo avaliada em R$ 1,3 bilhão.

    O cheque do Itaú será de R$ 651,3 milhões por 50,1% da corretora, que envolve aporte no caixa e compra de ações dos demais sócios. A Ideal foi fundada por executivos que fizeram carreira na Link (adquirida pelo UBS), como Nilson Monteiro e Lucas Cury.

    A companhia tem share da ordem de 20% no mercado de derivativos e de quase 10% em ações mesmo com o pouco tempo de operação. A corretora é digital e opera com clientes institucionais, majoritariamente – este ano, começou a atender indiretamente o varejo no modelo white label, com o escritório de agente autônomo Guru.

    Em setembro passado, a Ideal recebeu um aporte de R$ 100 milhões da Kaszek, um capital já carimbado para a pretendida expansão no varejo. Apesar de ser uma estratégia recente e incipiente na casa, o Itaú diz que foi um dos pontos que chamou atenção no negócio.

    “Por meio dessa plataforma, o banco avançará em sua estratégia de distribuição de produtos de investimentos para clientes pessoas físicas por meio de canais de distribuição alternativos, em parceria com a Ideal”, disse o Itaú em nota, emendando que o negócio poderá, “futuramente, acelerar a entrada do banco no mercado de agentes autônomos, em complemento ao modelo utilizado hoje.”

    A aquisição em corretagem, logo após o Itaú começar a se desfazer da posição em XP, não estava no radar dos analistas – ontem, cogitava-se que o banco estivesse de olho na operação do Citi no México, já que a marca americana está fechando as portas por lá. Diferentemente da transação com a XP, desta vez o Itaú já amarrou o controle na entrada.

    Fonte: Pipeline Valor

    Fusões e Aquisições

    Últimas Notícias

    Os fundos imobiliários mais rentáveis de 2021. E o que eles têm em comum

    Os fundos imobiliários (FIIs) tiveram mais um ano de perdas em 2021. O iFix, índice do segmento, encerrou o...

    Vyttra fatura R$ 300 mi com exames de covid e está pronta para autotestes

    Fabricante brasileira de exames de covid vai investir R$ 60 milhões em 2022 e prepara testes rápidos para detectar...

    Veja outras matérias