segunda-feira, setembro 28, 2020
Outros

    “O protagonista do desenvolvimento sustentável na Amazônia será o setor privado, não o Estado”, afirma Mourão

    Em Destaque

    Brasil foca em soja e milho para exportação, e arroz e feijão perdem espaço

    Nos últimos 20 anos, as culturas agrícolas voltadas para exportação, como soja e milho, cresceram exponencialmente, enquanto...

    Metade dos brasileiros cortou gastos com alimentos

    A inflação dos alimentos, que chegou a 8,83% em agosto, em comparação aos 12 meses anteriores, vêm...

    Em meio à pandemia, a economia chinesa é a vencedora no jogo do tabuleiro econômico mundial

    Todas as amplas avenidas de Haitang —uma nova cidade costeira na ilha chinesa de Hainan, cujas palmeiras,...

    O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, declarou nesta terça-feira (11) que o setor privado será o “protagonista do desenvolvimento sustentável” da Amazônia. Esse protagonismo não caberá ao poder público, na opinião de Mourão, que chefia o Conselho Nacional da Amazônia Legal.

    Mourão participou de uma videoconferência com representantes de países que abrigam a floresta amazônica, como Colômbia, Peru e Bolívia. Também nesta terça ocorrerá um encontro, por vídeo, com os presidentes dos países amazônicos.

    Em seu discurso, lido em espanhol, Mourão destacou a importância de incentivar a bioeconomia como forma de desenvolver e preservar a floresta. Para ele, as empresas serão protagonistas nesse processo que exige criatividade e inovação, características “próprias do espírito empreendedor do setor privado”.

    “O protagonista do desenvolvimento sustentável na Amazônia será o setor privado, não o Estado”, disse Mourão.

    O vice-presidente afirmou que o Brasil trabalhará com o apoio de empresas e da sociedade civil para a bioeconomia ser a “nova fronteira da expansão da atividade humana na selva amazônica”.

    Mourão defendeu que, além de combater crimes ambientais, é preciso desenvolver a região. Ele citou como eixos estratégicos dessa bioeconomia uma infraestrutura sustentável e o mapeamento de cadeias globais de valor compatíveis com os produtos da selva.

    O vice citou a necessidade de usar os rios da região para escoar produtos, a partir de pequenos portos em povos existentes na Amazônia. Ele ainda sugeriu que bancos financiem esses empreendidos, liderados pelo setor privado.

    “Para que tudo isso funcione, é necessário que se coloque dinheiro. Então, o financiamento por parte de bancos privados e bancos de desenvolvimento é fundamental”, argumentou.

    Desmatamento

    Mourão voltou a citar que os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicam alta no desmatamento desde 2012, com um salto no último ano, o primeiro da gestão do presidente Jair Bolsonaro.

    O vice reconheceu que o Brasil é cobrado pela preservação da floresta e explicou que o governo deflagrou em maio a Operação Verde Brasil 2. A ação é executada por militares das Forças Armadas para combater crimes ambientais na Amazônia.

    Sem citar países ou políticos estrangeiros, Mourão voltou a dizer que há “desinformação” sobre a realidade da Amazônia e a criticar a postura “de alguns que se aproveitaram da crise para avançar em interesses protecionistas e renovar atitudes colonialistas”.

    Em 2019, o governo brasileiro teve de enfrentar uma crise diplomática com o governo francês em razão da preservação da Amazônia, quando os presidentes Jair Bolsonaro (Brasil) e Emmanuel Macron (França) trocaram críticas em discursos e entrevistas.

    Na oportunidade, Bolsonaro e militares que atuam no governo, entre os quais o próprio Mourão – general da reserva da Exército, reafirmaram a soberania do Brasil em seu território amazônico.

    Fonte: G1

    Serviços

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Há sempre possibilidades de melhorias

    "O Brasil possui excelentes profissionais de consultoria. Nesta crise é necessário muita dedicação na busca de soluções para os problemas. Em situações...

    Quanto a minha empresa perdeu de valor na Pandemia?

    Algumas empresas aumentaram seu valor na pandemia. Outras, perderam. É importante saber qual o ganho ou qual a perda nesse momento? A...

    Pré Auditoria

    A Profiting, utiliza o serviço de Pré Diligência, como procedimento básico para qualquer negociação de venda de uma empresa cliente. Com foco...

    Últimas Notícias

    Reestruturação da XP Inc é inevitável, e Credit Suisse reforça cautela com ação

    A XP Inc (XP) anunciou uma reestruturação da parceria com sua controladora XP Controle, que, segundo a...

    Governo quer derrubar proteção de manguezais e restingas

    O Ministério do Meio Ambiente está prestes a derrubar um conjunto de resoluções que hoje delimitam as...

    Veja outras matérias