sábado, dezembro 4, 2021
Outros

    Petz ampliando portfólio, XP no ramo da educação e expectativa por decisão sobre a fusão Unidas-Localiza foram destaques da semana

    Em Destaque

    Moyses Samuel
    CEO da Profiting

    A semana entre os dias 08 e 14 de novembro trouxe algumas operações interessantes no mercado de fusões e aquisições. Um dos principais negócios foi o anúncio da aquisição de 100% da Cão Cidadão por parte da Petz. A Cão Cidadão é uma empresa especializada em adestramento. Já a XP anunciou a sua entrada no mercado de educação ao adquirir o controle do Instituto de Gestão em Tecnologia da Informação (IGTI), faculdade de ensino a distância focada nas áreas de tecnologia e inovação. Por fim, uma novela que se arrasta há tempos deve ter seu fim no dia 15 de dezembro, data em que o Cade divulgará o seu parecer sobre a fusão entre as locadaras Unidas e Localiza.

    Confira mais sobre os destaques da semana do mercado de fusões e aquisições:

    Para formar “uma seleção”, Petz compra a Cão Cidadão

    Desde que abriu capital, em setembro do ano passado, a Petz tem dito aos investidores que quer ser mais do que uma loja de produtos e serviços para cães e gatos. O plano é ser conhecido, até 2025, como o melhor ecossistema pet do mundo, com um braço em cada um dos serviços que podem ser contratados pelo tutor de um animal de estimação.

    No dia 9 de novembro, a companhia deu mais um passo nesse sentido, ao anunciar a aquisição de 100% da Cão Cidadão, empresa especializada em adestramento e fundada em 1998 pelo influenciador Alexandre Rossi, conhecido como Dr. Pet e famoso por participações em programas de televisão. O valor da transação não foi informado.

    XP compra faculdade IGTI e entra para o mercado de educação

    A XP adquiriu 100% do Instituto de Gestão em Tecnologia da Informação (IGTI), faculdade de ensino a distância focada nas áreas de tecnologia e inovação. O valor da transação não foi revelado, mas foi o maior em educação feito pela empresa.

    Com isso, o grupo, que até então só atuava com cursos livres de educação financeira, ingressou no mercado de ensino superior. Também existe uma parceria com o Ibmec em MBAs para pós-graduação, no entanto, a XP opera como um canal de distribuição, com 82 mil matriculados nesses cursos.

    Cade deve decidir sobre fusão entre Localiza e Unidas em dezembro

    A decisão do Cade sobre o turbulento processo de fusão entre Localiza e Unidas está prevista para o próximo dia 15 de dezembro, data da última sessão do Tribunal Administrativo do conselho em 2021.

    A expectativa — e fora — do órgão de defesa econômica é que a relatora do caso, Lenisa Prado, recomende ou um “remédio” mais pesado que o já sugerido pela Secretaria-Geral do Cade ou até mesmo a reprovação do negócio.

    Fusões e Aquisições

    Últimas Notícias

    Alexandre Saigh: “IPOs só no fim de 2022 ou 2023”

    Numa tacada que consolidou a maior gestora de private equity, infraestrutura e crédito da América latina, o Pátria acaba...

    Migração do Inter à Nasdaq fica para depois

    Pedidos de resgate ficaram acima dos R$ 2 bilhões que o banco digital havia estipulado como limite A migração do...

    Veja outras matérias