sábado, outubro 24, 2020
Outros

    PIB do agronegócio do Brasil cresce 5,26% no 1º semestre, diz CNA

    Em Destaque

    Desemprego diante da pandemia bate recorde no Brasil em setembro, aponta IBGE

    O desemprego diante da pandemia do novo coronavírus bateu recorde em setembro, apontam os dados divulgados nesta...

    Arezzo anuncia compra de rede de moda Reserva em operação de R$ 715 milhões

    A Arezzo anunciou nesta sexta-feira (23) que seu conselho de administração aprovou acordo de combinação de negócios...

    Governo anunciará 2 mil simplificações trabalhistas, diz Guedes

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo anunciará em “uma ou duas semanas” a...

    O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio do Brasil cresceu 5,26% no primeiro semestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado, com destaque para o segmento primário (atividades dentro da porteira), que registrou alta de quase 15% no mesmo período, conforme estudo divulgado nesta quarta-feira pela CNA/Cepea.

    O aumento foi registrado em meio a safras recordes de grãos e preços elevados por um câmbio favorável a exportações, que ajudaram também o segmento pecuário.

    Segundo a pesquisa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os segmentos de serviços e insumos tiveram altas de 4,76% e 1,69%, respectivamente.

    A agroindústria foi o único elo com queda no período, de 0,76%, sendo o segmento mais afetado pela pandemia da Covid-19.

    “Pelo lado da oferta, a volumosa safra de grãos tem garantido atendimento à crescente demanda internacional pelos produtos do agronegócio brasileiro, impulsionada também pela desvalorização do real frente ao dólar”, disseram a CNA e o Cepea em nota.

    O PIB agrícola registrou alta de 2,93% nos primeiros seis meses deste ano, refletindo preços maiores de janeiro a junho de 2020, frente ao mesmo de 2019.

    O PIB da atividade pecuária teve expansão de 10,41% no semestre, reflexo também dos bons preços das proteínas animais.

    “Embora alguns preços do ramo pecuário tenham sido pressionados para baixo diante da pandemia de Covid-19 em abril e maio, em junho houve recuperação”, indicou o estudo.

    Em junho, a expansão do PIB do agronegócio foi de 1,31%, sexto mês seguido de alta, com crescimento mensal de 3,02% no segmento primário e dos outros elos da cadeia produtiva de forma geral: agrosserviços (1,15%), insumos (0,79%) e agroindustrial (0,27%).

    “Apesar da pandemia –e de efeitos negativos significativos em diferentes momentos do ano, particularmente nos segmentos de hortícolas, flores e lácteos– os instrumentos de políticas públicas voltados à garantia de renda aos mais impactados pela crise, têm garantido também sustentação da demanda doméstica por produtos agrícolas e agroindustriais”, avaliaram.

    Fonte: G1

    Serviços

    Investimento em Empresas

    O mercado de aquisições de empresas está bem ativo e atraente considerando dois aspectos: O Dólar alto e a SELIC baixa.

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Há sempre possibilidades de melhorias

    "O Brasil possui excelentes profissionais de consultoria. Nesta crise é necessário muita dedicação na busca de soluções para os problemas. Em situações...

    Quanto a minha empresa perdeu de valor na Pandemia?

    Algumas empresas aumentaram seu valor na pandemia. Outras, perderam. É importante saber qual o ganho ou qual a perda nesse momento? A...

    Últimas Notícias

    Economia repassará R$ 60 mi para Meio Ambiente combater queimadas

    O Ministério da Economia informou hoje (23) que repassará R$ 60 milhões para o Ministério de Meio...

    Streaming da Amazon cresce mais do que a Netflix, diz pesquisa

    O Amazon Prime Video foi o serviço que mais cresceu durante a pandemia do novo coronavírus. Ao...

    Veja outras matérias