quinta-feira, dezembro 3, 2020
Outros

    Reabertura e nova legislação impulsionam investimento estrangeiro na China

    Em Destaque

    Plano nacional de imunização só sai depois da vacina aprovada pela Anvisa

    O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, disse nesta terça-feira, 1, que...

    Bolsonaro justifica alta na conta de luz com nível de represas e risco de apagões

    Ao justificar o aumento na conta de luz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou via redes...

    Ricos precisam pagar mais imposto para desigualdade cair, diz estudo

    As propostas da equipe econômica do governo Jair Bolsonaro (sem partido) para criar um novo programa social...

    O fluxo de Investimento Estrangeiro Direto na China cresceu 23.7% em setembro em comparação com o mesmo período do ano anterior, alcançando a marca de US$14.25 bilhões, anunciou o Ministério do Comércio Chinês na última semana. O número sustenta o crescimento de 15% já registrado em agosto, também em relação ao mesmo período do ano anterior, e reforça a confiança dos investidores internacionais no gigante asiático, apesar da guerra comercial com os EUA.

    No acumulado de 2020, a China já atraiu US$103 bilhões em investimentos vindos de fora do país – uma alta de 2.5% em relação aos primeiro nove meses de 2019. Nesse mesmo período, o Vietnam, que é tido como uma alternativa em relação à China, atraiu “apenas” US$21.2 bilhões, número 19% menor que no anterior.

    Para o Ministério do Comércio, a alta nos investimentos estrangeiros diretos se deve à reabertura das atividades de econômicas após meses de restrições impostas pela pandemia do coronavírus. Mas não só. No início do ano, o governo Chinês aprovou uma nova legislação para tornar o país mais receptivo às empresas estrangeiras. Cada província do país criou uma linha direta e um centro de atendimento para atender as demandas dessas companhias.

    Pequim também tem reforçado aos investidores estrangeiros que pretende continuar com o afrouxamento das restrições à companhias estrangeiras, inclusive melhorando o ambiente de negócios do país. “Vamos construir um sistema financeiro mais aberto“, prometeu Chen Yulu, vice-diretor do Banco Popular da China, o banco central do país.

    Em janeiro, China e Estados Unidos assinaram a primeira fase de um acordo comercial, acertando que os americanos diminuiriam as tarifas impostas aos produtos chineses, enquanto o país asiático compraria mais 200 bilhões de dólares em produtos dos EUA. O pacto também previa a extinção de barreiras chinesas à atuação de empresas americanas do setor financeiro, abrindo um promissor mercado para os americanos na Ásia.

    Fonte: Exame

    Serviços

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano e foi um dos poucos...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores. Popularmente conhecido como um...

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Últimas Notícias

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores.

    Veja outras matérias