quinta-feira, setembro 23, 2021
Outros

    Twitter começa a testar recurso de compras em sua plataforma. Marcas poderão promover produtos em seus perfis

    Em Destaque

    O Twitter permitirá que um pequeno grupo de varejistas, incluindo a GameStop e a empresa de bolsas Arden Cove, promova produtos em seus perfis como parte de um renovado impulso para compras on-line.

    Uma dezena de varejistas dos EUA poderá promover até cinco produtos no topo de seus perfis no Twitter. Os usuários poderão alternar entre os produtos ao visualizar o conteúdo e clicar para visitar o site do varejista e fazer uma compra.

    O novo produto do Twitter, denominado “Módulo de Loja”, está atualmente disponível apenas para usuários que falam inglês nos Estados Unidos.

    O Twitter não processa vendas e não participa da receita gerada pelo novo recurso, mas os investidores aplaudiram a medida, fazendo com que as ações registrassem sua maior alta em mais de três meses.

    O teste é uma tentativa renovada de oferecer compras no Twitter. A empresa experimentou antes um botão “Compre agora” e páginas de produtos subsequentes, em 2015, mas esses recursos nunca decolaram e foram encerrados.

    A empresa está seguindo os passos do Facebook, que abriu um recurso “Lojas” em 2020 para permitir que consumidores comprem produtos diretamente pelo Facebook e Instagram.

    “Sabemos que as pessoas vêm ao Twitter para interagir com marcas e falar sobre seus produtos favoritos”, disse Bruce Falck, líder da equipe de produtos de receita do Twitter, no dia do analista da empresa em fevereiro. “Imagine descobrir e comprar rapidamente um novo produto para a pele ou tênis da moda de uma marca que você segue, com apenas alguns cliques.”

    O interesse renovado do Twitter em compras se alinha com um impulso geral em direção ao e-commerce por varejistas que foram forçados a ativar as vendas online durante a pandemia.

    No Twitter, a ideia é que o e-commerce também beneficie seu core business, a publicidade, ao ajudar as marcas a realizar vendas reais a partir da plataforma.

    Fonte: O Globo

    Fusões e Aquisições

    Últimas Notícias

    Conheça a startup que vale 8,7 bilhões de dólares vendendo carros usados

    Não faz dois meses que a Kavak – unicórnio mexicano para compra e vendas de carros seminovos – veio...

    Sem conseguir vender ativos, Saraiva corre risco de ter falência decretada

    Sem conseguir vender ativos, como pontos de lojas e seu domínio na internet, para ganhar fôlego para pagar seus...

    Veja outras matérias