sábado, outubro 16, 2021
Outros

    Unidades de software da Emerson e AspenTech anunciam fusão em acordo de US$11 bi

    Em Destaque

    A Emerson Electric informou nesta segunda-feira uma fusão entre suas unidades de software com a rival de menor porte Aspen Technology em um acordo de cerca de 11 bilhões de dólares, impulsionando seu negócio de automação industrial.

    “Vimos uma oportunidade atraente para acelerar nossa estratégia de software para capitalizar no cenário de software industrial, que está em rápida evolução”, disse o presidente-executivo da Emerson, Lal Karsanbhai.

    “Nossos clientes estão procurando, cada vez mais, parceiros para ajudar a obter um desempenho mais forte conforme automatizam os fluxos de trabalho.”

    O software da nova empresa, resultado da fusão, também apoiará as necessidades de sustentabilidade nos mercados de energia verde, como biocombustíveis, hidrogênio e captura de carbono, disse Emerson. O acordo em dinheiro e ações, anunciado nesta segunda-feira, é para cerca de 160 dólares por ação, e os acionistas da AspenTech receberão 87 dólares e 0,42 em participação da nova empresa para cada ação que possuem atualmente.

    O preço implica um prêmio de cerca de 27% para o fechamento da AspenTech em 6 de outubro, antes da Bloomberg News noticiar as primeiras negociações entre as duas empresas, e cerca de 13% para o último fechamento das ações na sexta-feira.

    A Emerson também disse que deterá 55% da nova empresa, enquanto os acionistas da AspenTech deterão o restante da companhia, que manterá o nome da AspenTech e será liderada pelo seu atual presidente-executivo, Antonio Pietri.

    O acordo, que deve ser cumulativo para os lucros ajustados após o primeiro ano, deve ser fechado no segundo trimestre de 2022.

    A AspenTech tem uma capitalização de mercado de cerca de 9,49 bilhões de dólares, enquanto a Emerson está avaliada em mais de 57 bilhões de dólares, de acordo com dados da Refinitiv Eikon.

    Fonte: Reuters

    Fusões e Aquisições

    Últimas Notícias

    Microsoft vai fechar LinkedIn na China

    A Microsoft está desativando as operações da rede social LinkedIn na China, quase sete anos após seu lançamento e...

    IHS vale US$ 7 bi no IPO do 5G

    A IHS Towers começou a negociar hoje em Nova York depois de um IPO que avaliou a maior provedora...

    Veja outras matérias