sexta-feira, abril 16, 2021
Outros

    Viaduto conclui acordo e é adquirida pela dinamarquesa Danica Capital

    Em Destaque

    Governo estima rombo de R$ 170,5 bi em 2022 e vê 11 anos de contas no vermelho

    No projeto que estabelece as diretrizes para o Orçamento de 2022, enviado ao Congresso nesta quinta-feira (15), o governo...

    Hering rejeita proposta de compra pela Arezzo

    A Hering decidiu, em reunião nesta quarta-feira, 14, negar a proposta feita pela Arezzo de combinar os negócios das...

    Magazine Luiza recebe aval do Cade para compra da Hub Prepaid

    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a compra da Hub Prepaid pelo Magazine Luiza, sem...

    A Viaduto, empresa com mais de 40 anos e que atua no setor de movimentação de cargas e desenvolvimento e implementação de projetos, informa que finalizou os negócios e foi adquirida pela Danica Capital, companhia de investimento da Dinamarca especializada na compra e gestão de empresas no Brasil com receita entre R$ 60 e 500 milhões.

    Segundo o CEO da Viaduto, Luis Felipe Savoy, o trabalho inicial da Danica após a aquisição foi assegurar que a cultura e a eficiência no atendimento ao cliente continuasse em níveis de excelência. “Essa visão, somadas ao início da pandemia do coronavírus, manteve o ritmo de ações voltadas na estruturação interna do negócio em linha com a tese construída nos dois anos anteriores.”

    De acordo com o executivo, a Viaduto inicia este novo ciclo com uma administração alinhada aos objetivos de curto, médio e longo prazos e sistema de governança integrado entre os departamentos, com decisão decentralizada a fim de aumentar a agilidade e assegurar o compliance.

    Algumas estratégias já são divulgadas. Savoy revela que já no primeiro quadrimestre de 2021 será inaugurado um showroom voltado para a Indústroa 4.0. Com investimento de R$ 2 milhões, o CEO revela que o principal objetivo da ação sé acelerar a evolução no país e garantir a segurança e velocidade adequada na implementação dos projetos.

    “Temos como visão estratégica revolucionar a experiência de serviços na Indústria 4.0 por meio de soluções logísticas inovadoras e sustentáveis, com tecnologia e produtividade capazes de cultivar relações de longo prazo”, pontua Savoy.

    Estratégias

    A aquisição chega, ainda, para mudar alguns parâmetros. O CEO conta que a Viaduto acelerou os projetos de desenvolvimento interno de equipamentos híbridos. “Essa tecnologia tem como diferencial a utilização de equipamentos depreciados que são transformados em híbridos, ou seja, podem ser utilizados com ou sem operadores, ganhando flexibilidade e viabilizando o retorno sobre o investimento comprovado financeiramente pelo total cost of ownership – TCO”, afirma.

    Outra novidade foi o lançamento de uma campanha que estabelece o movimento comercial apoiado pela solidez financeira que potencializa o crescimento da companhia e ajuda os clientes a enfrentar a pressão de caixa. “Propomos a compra do ativo do cliente, garantindo a melhor avaliação do mercado e iniciamos um contrato de locação com manutenção sem paradas, garantindo a disponibilidade mais de 95% dos equipamentos durante o contrato”, informa Savoy.

    Quanto aos serviços a novidade agora fica por conta do início da implementação de uma plataforma de controle e gestão do que a empresa chama de field servisse.

    “Também aprovamos investimento na equipe de engenharia, novos equipamentos, sala de treinamento, laboratório e centro de serviço com área exclusiva para AGV e H-AGV”, resume o CEO.

    Savoy garante que graças as estratégias as perspectivas são positivas. “A companhia demonstrou sua resiliência durante a crise mantendo sua previsão anual de crescimento de 12% este ano, o que fortalece a tese de triplicar o faturamento da companhia em quatro anos”, diz.

    O executivo completa dizendo que a companhia continuará com o plano de investimento a fim de apoiar o clientes na implementação de oportunidades de alta produtividade em curto, médio e longo prazos.

    Fonte: Tecnologistica

    Serviços

    Últimas Notícias

    Bolsonaro promete a Biden zerar desmatamento ilegal até 2030

    Em busca de dinheiro dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta a seu homólogo Joe Biden...

    IPO da Blau atrai fundos globais e companhia vale R$ 7,2 bi na largada

    A Blau Farmacêutica acaba de precificar seu IPO a R$ 40,14 por ação, dando ao mercado mais uma alternativa...

    Veja outras matérias