quarta-feira, junho 23, 2021
Outros

    A História da Budweiser

    Em Destaque


    This Bud is for you

    Um dos símbolos mais populares do mundo, a cerveja Budweiser é um produto que conquistou o mundo e faz parte a vida de milhares de pessoas em todo o globo. Conhecida por seu sabor marcante, a cerveja americana se tornou um dos maiores símbolos dos Estados Unidos, e atualmente teve um destino extremamente curioso. Tudo começou em 1876, quando a cervejaria Anhauser-Busch decidiu criar uma cerveja genuinamente americana. A cervejaria foi fundada em 1860, por Eberhard Anheuser e seu genro Adolphus Busch, na cidade de Saint Louis, Misouri nos Estados Unidos. Os dois tinham o objetivo de criar uma cerveja com sabor específico e que fosse um produto com identidade nacional, indo a contramão do sabor das cervejas europeias; que dominavam o mercado mundial. Dessa inspiração surgiu a Budweiser Lager Beer, inspirada nas receitas da Bavária, na Alemanha, mas com um toque particular que consolidou o sabor típico da bebida. Apesar da inspiração bávara, o nome escolhido veio da região de Budweis, no Império Austro-Húngaro, onde hoje está a República Tcheca. O nome foi americanizado e se tornou Budweiser, devido a pronúncia americana do nome da região, que seria Budweis. Além do nome ser americanizado, a bebida foi pensada desde o início para ser um símbolo nacional, recebendo as mesmas cores da bandeira americana, o branco, o vermelho e o azul. Curiosamente, na região tcheca, foi lançada em 1895 uma cerveja homônima chamada Budweiser Budvar. Outro ponto importante, foi a escolha do preço. A bebida custaria pouco e seria acessível a todas as camadas da população. Ao contrário das bebidas europeias que em geral eram mais caras por conta dos custos para importação. Com essa abordagem popular e nacionalista, a Budweiser se tornou a cerveja dos trabalhadores americanos e desde o começo foi pensada para povoar o imaginário dos clientes locais.

    Serviços

    spot_img

    Últimas Notícias

    Pandemia mudou modo como pessoas dão ‘match’, diz chefe do Tinder

    Deslizar para esquerda ou para a direita, o gesto típico de quem usa o aplicativo Tinder, parece não ser...

    Ata do Copom preocupa investidores e ações do varejo despencam

    O assunto mais relevante da manhã se manteve crucial para os rumos da bolsa durante a tarde. Após o...

    Veja outras matérias