sábado, julho 31, 2021
Outros

    Depois de virar unicórnio, MadeiraMadeira cria marca própria para crescer

    Em Destaque

    A paranaense MadeiraMadeira, e-commerce de móveis e produtos para reformas, tem um grande desafio pela frente em 2021. Pouco mais de cinco meses depois de se tornar um unicórnio (nome dado às empresas com valor de mercado superior a 1 bilhão de dólares), manter o ritmo de crescimento é uma tarefa árdua. Em 2020, a fórmula foi a expansão das vendas digitais e a abertura de novas lojas físicas. Agora, a startup anunciou a criação de sua primeira marca própria, a CabeCasa.

    Essa é a primeira marca original da MadeiraMadeira. O objetivo, segundo a empresa, é oferecer produtos de qualidade, com design diferenciado, montagem simplificada e financeiramente acessíveis.

    Segundo Santiago Antoraz, diretor de compras da empresa, o lançamento seguiu uma extensa pesquisa de mercado que buscou entender as preferências dos consumidores e o que eles consideravam de fato importante em uma nova marca. As respostas apontaram para itens com durabilidade mínima. “A partir disso, chegamos a uma marca de produtos acessíveis, com maior durabilidade e garantia mínima de dois anos”, diz.

    Antoraz, que entrou há dois anos na empresa justamente para estruturar o lançamento de marcas próprias, vê a novidade com bons olhos e como parte da estratégia definitiva da empresa. “Queremos mostrar que é possível facilitar todo o processo de compra para o consumidor, desde a compra até a montagem e desmotagem dos móveis. Estamos atentos a essas e outras tendências”, diz.

    A lista de produtos já tem 400 itens, entre móveis para cozinha, quarto, sala de estar, sala de jantar e outros ambientes.

    Apesar de não ter tido o lançamento calculado, o momento para a chegada da CabeCasa é o ideal. Segundo Antoraz, a reabertura dos comércios e a presença de clientes nas lojas físicas traz uma visibilidade que permite um primeiro contato do consumidor com a nova linha de produtos. “Além do online, ter esses novos itens nas nossas 42 lojas é o que fará com que os consumidores atestem a qualidade da linha e tragam feedbacks imediatos para nós”, diz.

    Para o futuro, a marca continuará sendo a principal aposta da MadeiraMadeira que, ao invés de antecipar a criação de novas marcas próprias, vai preferir lançar novos produtos todo mês, com a intenção de criar mini “coleções” de itens dentro da linha CabeCasa. “Queremos uma marca plural e em constante evolução e desenvolvimento”, diz Antoraz.

    Unicórnio brasileiro

    Fundada em 2009 por Daniel Scandian, Marcelo Scandian e Robson Privado, a MadeiraMadeira passou de um  e-commerce de móveis para um marketplace com mais de 1 milhão de itens.

    Em janeiro de 2021, a MadeiraMadeira recebeu um aporte de 190 milhões de dólares liderado pelo conglomerado japonês SoftBank e a gestora brasileira Dynamo. Na rodada de captação série E, a empresa foi avaliada em mais de 1 bilhão de dólares, o que a colocou no seleto grupo de unicórnios do país, ao lado de empresas como Nubank, Wildlife e Creditas.

    Antes disso, a empresa já havia recebido. última captação da empresa havia sido em 2019, em rodada de 110 milhões de dólares liderada também pelo SoftBank.

    Fonte: Exame

    Serviços

    spot_img

    Últimas Notícias

    China aperta o cerco a grandes companhias. Veja o impacto para as empresas

    A perseguição das autoridades chinesas às suas empresas mais proeminentes, por meio de novas regulamentações e investigações, infiltrou-se em...

    Golpes em delivery de comida sobem 136%, e Procon-SP quer proibir pagamento no ato da entrega

    O registro de um aumento de 136% nos golpes relacionados a aplicativos de delivery de comida, de janeiro a...

    Veja outras matérias