quinta-feira, dezembro 3, 2020
Outros

    Economia repassará R$ 60 mi para Meio Ambiente combater queimadas

    Em Destaque

    Plano nacional de imunização só sai depois da vacina aprovada pela Anvisa

    O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, disse nesta terça-feira, 1, que...

    Bolsonaro justifica alta na conta de luz com nível de represas e risco de apagões

    Ao justificar o aumento na conta de luz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou via redes...

    Ricos precisam pagar mais imposto para desigualdade cair, diz estudo

    As propostas da equipe econômica do governo Jair Bolsonaro (sem partido) para criar um novo programa social...

    O Ministério da Economia informou hoje (23) que repassará R$ 60 milhões para o Ministério de Meio Ambiente. Nesta semana, a pasta de Ricardo Salles suspendeu atividades de combate a incêndios sob a justificativa de que não tinha mais autorização da Economia para custear os serviços na linha de frente, como brigadistas, aeronaves e veículos.

    Ontem, o Ministério do Desenvolvimento Regional ofereceu outros R$ 30 milhões para Salles. Apesar da ajuda da Economia, esta verba está mantida, mas pode variar para mais ou para menos, segundo assessoria do Desenvolvimento Regional. Os R$ 30 milhões serão enviados em caráter de emergência a partir de recursos da Defesa Civil. Com isso, a pasta de Meio Ambiente poderá receber cerca de R$ 90 milhões.

    Neste ano em que o país enfrenta recordes de queimadas no Pantanal e na Amazônia, Salles justifica que tem dificuldades orçamentárias para combater as queimadas através do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade).

    Em meio às tentativas de conseguir os recursos, Salles disparou contra a ala militar do governo. O alvo foi o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, responsável pela articulação política.

    Em seu perfil do Twitter, Salles chamou o ministro de “Maria Fofoca” e teve apoio de aliados do presidente como Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Ramos evitou rebater publicamente.

    Hoje, em evento com Jair Bolsonaro (sem partido), os dois ministros estiveram juntos e se abraçaram ao presidente.

    “O Ministério da Economia (ME) informa que está remanejando R$ 60 milhões de seu limite de pagamento para o Ministério do Meio Ambiente (MMA). O remanejamento ocorrerá por meio de portaria, que deverá ser publicada no Diário Oficial da União (DOU)”, informou a nota da Economia.

    Em julho, Salles solicitou que Economia permitisse usar R$ 230 milhões do seu próprio orçamento, foram autorizados R$ 96 milhões.

    Em setembro, o Ministério do Meio Ambiente solicitou a liberação dos R$ 134 milhões restantes. Este montante foi negado e sem esse recurso, Salles suspendeu ações de combate ao fogo.

    O Ministério da Economia informou que os R$ 60 milhões anunciados hoje serão remanejados do seu próprio orçamento e não são relativos ao pedido de R$ 134 milhões feito por Salles.

    Fonte: Uol

    Serviços

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano e foi um dos poucos...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores. Popularmente conhecido como um...

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Últimas Notícias

    Novety surfa na onda do aumento do consumo de cosméticos durante a pandemia e cresce com revendedoras e e-commerce

    O mercado de beleza e cosméticos no Brasil movimentou mais de US$ 30 bilhões no último ano...

    Startup desenvolve pomadas cicatrizantes para psoríase e dermatites e agora busca licenciar fórmula para laboratórios e grandes redes de farmácia

    Mecânico e professor universitário desenvolveram projeto em Viçosa.Com dívidas, parceiros quase desistiram, mas atraíram investidores.

    Veja outras matérias