terça-feira, dezembro 1, 2020
Outros

    Maior parte dos consumidores compram apenas o essencial

    Em Destaque

    Saúde, saneamento e equilíbrio fiscal: os desafios dos novos prefeitos

    Em meio à mais grave crise de saúde da história recente, os prefeitos eleitos nas eleições de...

    Com participação de Sarney, Bolsonaro conversa pela 1ª vez com Fernández

    Os presidentes do Brasil, , e da Argentina, , conversaram nesta segunda-feira pela primeira vez desde a...

    Reino Unido proíbe instalação de kit 5G da Huawei a partir de setembro de 2021

    As empresas de telecomunicações do Reino Unido não poderão instalar o novo kit 5G da Huawei após...

    Na média geral, apenas 15,4% do total de entrevistados responderam que, “por enquanto, não foram afetados”

    Quase 80% dos consumidores estão comprando apenas produtos essenciais em meio à quarentena para conter o avanço da pandemia, mostram recortes específicos das pesquisas de confiança na Fundação Getúlio Vargas. E, conforme dados prévios de abril, o setor empresarial que está mais pessimista com a crise econômica é a construção civil.

    Em março, as pesquisas da FGV já haviam registrado fortes quedas na confiança, de consumidores e de empresários, por causa da pandemia. Por isso, para as sondagens de abril, que serão divulgadas na próxima semana, foram elaboradas questões específicas sobre a nova crise econômica. Com 85% das entrevistas já feitas, a FGV fez uma prévia dos resultados.

    Entre os consumidores, 79,1% disseram que estão comprando apenas o essencial. Na média geral, apenas 15,4% do total de entrevistados responderam que, “por enquanto, não foram afetados”.

    O pesquisador Rodolpho Tobler, do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV, afirmou que a quantidade de respostas dando conta de que os orçamentos familiares não foram afetados poderá diminuir. A pergunta específica questionou sobre a situação financeira das famílias. Aquelas cuja renda vem do emprego com carteira assinada ou de aposentadorias tendem a não ser afetadas num primeiro momento.

    “É um retrato de abril, mas as coisas podem mudar muito rápido”, afirmou Tobler, lembrando que as famílias ainda poderão ser atingidas pelo desemprego ou por quedas na renda por conta da redução de salários.

    Tanto que apenas 10,6% dos mais pobres disseram que ainda não foram afetados pela crise econômica. Nessas famílias, muitas vezes dependentes da renda de trabalhos informais, o impacto da crise chega logo, lembrou Tobler. Entre as famílias mais ricas, 20,6% disseram que não foram afetados.

    Tobler chamou atenção para o fato de que 67,8% dos consumidores disseram acreditar que a economia brasileira voltará ao normal apenas depois de seis meses. Isso sinaliza para uma lenta recuperação da economia. “Mesmo com a abertura do comércio, com a volta da vida normal, a recuperação da atividade não vai acontecer de uma hora para outra.”

    Nas pesquisas sobre a confiança empresarial, chamou a atenção o pessimismo da construção civil. Entre os entrevistados do setor, 94,3% responderam que a crise terá impacto “negativo ou muito negativo”, superando o setor de serviços, com 91,7% – nos segmentos de alojamento, serviços de transporte rodoviário e obras de acabamento, mais de 75% das empresas consideram que foram afetadas muito negativamente.

    Fonte: https://www.infomoney.com.br/minhas-financas/cerca-de-80-dos-consumidores-so-tem-comprado-o-essencial/

    Serviços

    Profiting faz Road Show para captar 20 Milhões.

    O recurso será investido em empresas associadas visando crescimento em vendas e aumento de produção. O mercado de aquisições...

    Buscamos Empreendedores para parcerias.

    Foto: Moyses Samuel, Presidente do grupo Profiting. Estamos selecionando empresários, em âmbito nacional, que possuam negócios que precisam ser...

    Recuperação de tributos próprios

    Sua empresa pode melhorar o fluxo de caixa se houver créditos tributários nos últimos 5 anos.

    Há sempre possibilidades de melhorias

    "O Brasil possui excelentes profissionais de consultoria. Nesta crise é necessário muita dedicação na busca de soluções para os problemas. Em situações...

    Quanto a minha empresa perdeu de valor na Pandemia?

    Algumas empresas aumentaram seu valor na pandemia. Outras, perderam. É importante saber qual o ganho ou qual a perda nesse momento? A...

    Últimas Notícias

    Bitcoin rompe máxima histórica: ‘Todo mundo no lucro’, comemora CZ

    Depois de despencar quase 20% na última quinta-feira (26), o bitcoin retomou sua tendência de alta em...

    Intermédica tenta surfar demanda pelo IPO da Rede D’Or

    A Bain Capital anunciou que vai vender 40 milhões de ações da Notre Dame Intermédica (cerca de...

    Veja outras matérias