quinta-feira, maio 6, 2021
Outros

    OMC: pandemia pode elevar os custos no comércio

    Em Destaque

    Banco Central eleva Selic em 0,75 p.p., para 3,5% ao ano, e sinaliza mais uma alta na mesma magnitude

    O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu nesta quarta-feira (5) elevar a Selic em 0,75 ponto percentual, para 3,50%...

    “Há muitos Mercados Livres para nascer na AL”, diz Nicolas Szekasy, do Kaszek

    Quando os argentinos Nicolas Szekasy e Hernan Kazah deixaram o Mercado Livre, empresa que tinham cofundado, para criar a...

    Bradesco espera perder receita com Pix e WhatsApp Pay, mas tem substituto

    A chegada da ferramenta de transferências de dinheiro via WhatsApp , assim como o Pix , vai 'morder' um pedaço da...

    A Organização Mundial de Comércio (OMC) afirma que as barreiras comerciais representam pelo menos 10% dos custos comerciais em todos os setores, incluindo medidas tarifárias e não tarifárias. Além disso, a OMC comenta em relatório o fato de que a pandemia da covid-19 pode elevar os custos no comércio, diante de dificuldades geradas à circulação.

    A OMC diz que custos com viagens e transporte representam até um terço dos custos do comércio, a depender do setor. “As restrições de viagem relacionadas à pandemia portanto devem afetar os custos comerciais enquanto estiverem em vigor”, afirma. A entidade aponta que o transporte marítimo tem visto um recuo no número de embarques, enquanto o transporte internacional por terra tem sido afetado por fechamento de fronteiras e medidas sanitárias. E lembra também que as viagens de negócios são afetadas, no quadro atual.

    A entidade nota que a pandemia levou tanto a restrições ao comércio quanto à facilitação para algumas importações, mas isso afetou até agora um pequeno conjunto de produtos. “Uma mudança induzida pela crise rumo à digitalização de procedimentos alfandegários e regulatórios para reduzir o contato físico poderia potencialmente reduzir os custos associados ao comércio no longo prazo”, nota.

    O relatório destaca ainda a incerteza como um fator que eleva o impacto dos custos já existentes no comércio, pesando sobre os fluxos e reduzindo o apetite das empresas para investir na busca por novos mercados, entre outras medidas dificultadas pelo quadro atual. Olhando adiante, o documento da OMC diz que muitas mudanças nos custos do comércio podem ser revertidas assim que a pandemia for controlada, “mas alguns efeitos podem persistir”, como por exemplo uma consolidação no setor industrial e uma menor demanda por viagens internacionais, que poderiam elevar o custo do transporte aéreo. A OMC ainda destaca a importância das decisões dos governos para resolver essas incertezas relacionadas aos custos do comércio no futuro.

    Estadão Conteúdo

    Serviços

    Últimas Notícias

    Xiaomi traz ao Brasil seu 30º smartphone em dois anos

    A chinesa Xiaomi traz ao Brasil a partir de hoje dois novos smartphones chamados Redmi Note 10 Pro e...

    Marcas europeias ameaçam boicotar produtos do Brasil devido a política ambiental

    O Projeto de Lei (PL) 510/21, que altera regras de regularização fundiária em terras da União e do Incra...

    Veja outras matérias