sexta-feira, abril 16, 2021
Outros

    Sem orçamento, Pazuello pede dinheiro a Guedes para chegar ao fim do mês

    Em Destaque

    Governo estima rombo de R$ 170,5 bi em 2022 e vê 11 anos de contas no vermelho

    No projeto que estabelece as diretrizes para o Orçamento de 2022, enviado ao Congresso nesta quinta-feira (15), o governo...

    Hering rejeita proposta de compra pela Arezzo

    A Hering decidiu, em reunião nesta quarta-feira, 14, negar a proposta feita pela Arezzo de combinar os negócios das...

    Magazine Luiza recebe aval do Cade para compra da Hub Prepaid

    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a compra da Hub Prepaid pelo Magazine Luiza, sem...

    Os problemas pela inexistência de um orçamento federal em 2021 já começam a aparecer. Limitado pela divisão mensal em 1/12 dos recursos previstos pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, o Ministério da Saúde está sem recursos para chegar ao fim do mês. Isso fez o ministro Eduardo Pazuello pedir ao colega Paulo Guedes um aumento no limite de gastos discricionários em 300 milhões de reais para janeiro — o total de recursos disponibilizados para despesas discricionárias no primeiro mês do ano aumentaria para 1.087,1 milhões de reais. O remanejamento de recursos seria compensado nos próximos três meses.

    No pedido, que chegou nesta quinta-feira, 21, ao Ministério da Economia, Pazuello afirma que “o atual limite compromete pagamentos regulares relativos a medicamentos hemoderivados, funcionamento de Distritos Sanitários Especiais Indígenas, Programa Farmácia Popular, funcionamento de unidades hospitalares do Ministério da Saúde, entre outros”.

    Fonte: Veja

    Serviços

    Últimas Notícias

    Bolsonaro promete a Biden zerar desmatamento ilegal até 2030

    Em busca de dinheiro dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta a seu homólogo Joe Biden...

    IPO da Blau atrai fundos globais e companhia vale R$ 7,2 bi na largada

    A Blau Farmacêutica acaba de precificar seu IPO a R$ 40,14 por ação, dando ao mercado mais uma alternativa...

    Veja outras matérias