quinta-feira, março 4, 2021
Outros

    Cade aprova compra de marca de soluções de pagamento do BMG pelo banco Inter

    Em Destaque

    Brasil sai de lista das 10 maiores economias do mundo e cai para a 12ª posição, aponta ranking

    Com o tombo histórico de 4,1% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2020, o Brasil saiu do ranking das...

    Descontrole da pandemia, risco fiscal, populismo econômico e dólar forte: as 4 incertezas da economia em 2021

    Várias incertezas pairam sobre o Brasil e já começam a minar as expectativa para a retomada da economia brasileira...

    Bancos propõem compra do controle da Empiricus e da Vitreo

    O grupo que comanda a casa de research Empiricus e a corretora Vitreo está no meio de um processo...

    A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou operação do Banco Inter envolvendo ações ordinárias de emissão da BMG Granito, braço de soluções de pagamento do BMG.

    Após conclusão, o Banco Inter se tornará, em conjunto com o BMG, controlador da BMG Granito, com compra de ações ordinárias de emissão da BMG Granito.

    A BMG Granito é uma empresa especializada em recebimento por meio de transações eletrônicas, que atua como adquirente de meios de pagamento de forma direta para as bandeiras Elo, Visa e Mastercard.

    No despacho, o Cade verificou o Banco Inter poderá aportar sua experiência em canais digitais de vendas e transações não presenciais para desenvolver produtos digitais, mas, nesse segmento, a instituição terá menos de 10% do mercado.

    “Por todo o exposto, conclui-se que a operação não acarreta prejuízos ao ambiente concorrencial”, considerou o órgão.

    Fonte: G1

    Serviços

    Últimas Notícias

    Google vai parar de vender anúncios com base em navegação de usuários

    O Google planeja parar de vender anúncios com base na navegação de usuários por múltiplos sites, uma mudança que...

    IPOs no Brasil fazem brilhar os olhos de bancas americanas

    A retomada dos IPOs no Brasil — que só nos dois meses deste ano já movimentou quase 40 bilhões...

    Veja outras matérias