sexta-feira, maio 20, 2022
Outros

    Os impressionantes resultados da advocacia americana

    Em Destaque

    André Porto Alegre
    André Porto Alegre
    Consultor Jurídico de Empresas

    Por todos os ângulos que se observe os números, eles não deixam margem para questionamentos sobre a importância do fluxo das informações sobre os resultados dos escritórios para a análise do mercado, fato inexistente do mercado brasileiro.

    Na última terça-feira, dia 26 de abril, portanto a exatos seis dias da publicação desse artigo, a The American Lawyer, uma respeitada plataforma de informação sobre o mercado jurídico dos Estados Unidos, publicou a lista dos 100 maiores escritórios de advocacia americanos.

    O fato do ano já se encaminhar para a metade e de que muitas das informações do relatório, que parametriza os escritórios de advocacia sob diferentes critérios, já terem sido vazadas não minimiza o impacto das revelações e confirma o abundante ano de 2021 sob o ponto de vista dos resultados.

    Em resumo:

    – Receita total: US$ 127,4 bilhões, um aumento de 14,8%.

    – Receita média por advogado: US$ 1,18 milhão, um aumento de 12,5%.

    – Lucros por sócio de capital: US$ 2,66 milhões, um aumento de 19,4%.

    Por todos os ângulos que se observe os números, eles não deixam margem para questionamentos sobre a importância do fluxo das informações sobre os resultados dos escritórios para a análise do mercado, fato inexistente do mercado brasileiro.

    Em cotação da sexta-feira, dia 29 de abril, R$ 4,943, a receita dos 100 maiores escritórios americanos representa algo em torno de 630 bilhões de reais.

    Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

    O quadro acima confirma a percepção generalizada sobre o aquecimento da economia dos escritórios de advocacia nos dois últimos anos, coincidentes com a crise sanitária motivada pela pandemia.

    Para Michael Allen da Lateral Link, uma renomada empresa de recrutamento e seleção de advogados nos Estados Unidos, “O que tornou 2021 uma explosão é que muitos escritórios aceleraram drasticamente suas taxas de crescimento nessas métricas em comparação com 2020 – um ano que foi aclamado como um sucesso impressionante. De qualquer maneira que você olhe, 2021 foi realmente um ano para ser lembrado para a elite do Biglaw”.

    O Jones Day, escritório que ocupou a 10° posição no ranking de 2021, obteve crescimento de 10%, totalizou 2,2 bilhões de dólares em receita, mas foi desalojado dos Top 10 pelo desempenho surpreendente do Ropes & Gray que alcançou uma taxa de crescimento de 22%. Essa foi a única mudança no pelotão da frente.

    No critério receita por advogado o quadro é o seguinte:

    Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

     E no critério receita por sócio a composição é essa:

    Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

    Para Allen, em termos de BigLaw os “ricos ficam mais ricos”, analisando o fato de 14 escritórios terem lucros por sócio acima de US$ 5 milhões (em comparação com seis em 2020).

    Com muita frequência os analistas do mercado brasileiro da advocacia são estimulados a evitar a comparação de resultados com os escritórios internacionais, em especial com os americanos, por uma alegada ausência de termos de comparação.

    O reconhecimento das notórias diferenças não pode camuflar a tacanhez tupiniquim quando o assunto é informação. Por isso a divulgação sistematizada de dados da advocacia mundial é fator fundamental para o entendimento da urgente necessidade de o mercado brasileiro reagir e começar a tratar resultado como um aspecto de consolidação e fortalecimento do setor econômico.

    Fusões e Aquisições

    spot_img

    Últimas Notícias

    ONU fala em ‘catástrofe’ após indicadores climáticos baterem recordes

    Concentrações de gases do efeito estufa, o aumento do nível do mar, o conteúdo de calor dos oceanos e...

    Uma Globo paralela? Como a Play9 está construindo “uma rede de afiliadas” de canais online

    Foi preciso muita pesquisa, reflexão e um ano e meio de sessões semanais de análise para que João Pedro...

    Veja outras matérias